Robótica: 5 motivos para incluí-la no currículo da sua escola

Robótica: 5 motivos para incluí-la no currículo da sua escola


A robótica é um dos caminhos para a implantação de currículos inovadores nas escolas.

Como a ensino robótica pode fazer isso por sua escola?

Em todo o mundo há iniciativas voltadas ao tema, como por exemplo a Academia de Robótica nos EUA, que têm por objetivo ensinar robótica nas escolas.

Enquanto isso, o Brasil não está fazendo o suficiente para tornar a robótica parte do currículo pedagógico.

Para explicar por que devemos ensinar as crianças a programar robôs nas escolas, primeiro precisamos entender de fato, o que é robótica.

O que é robótica?

O coordenador Fábio Javaroni, da Escola de Inventor, explica que “essencialmente, um robô é um dispositivo mecânico que pode ser programado para seguir um conjunto de instruções.”

O robô tem uma unidade de processamento, sensores para perceber seu ambiente, e motores e atuadores para mover seus membros ou rodas.

Fábio explica que a partir da programação um robô pode realizar diversos tipos de tarefas.

“A robótica avançou tanto que conseguimos com que maquinas relativamente simples falem, façam diversos tipos de sons, se comuniquem através de sinais luminosos e usem diferentes tipos de cores para dar resposta a estímulos ambientais”

Além disso, continua Fábio, “os robôs precisam ter a capacidade de seguir as instruções programadas e não apenas ser controlados remotamente.”

Por que a robótica deve ser ensinada nas escolas?

Há considerável evidência científica¹ de que

alunos respondem extremamente bem há assuntos que envolvam programação de robôs.

Os robôs se prestam a atividades mão-na-massa que fazem os alunos a enxergarem a tecnologia de uma forma criativa.

Fábio Javaroni, explica: “Por exemplo, um colega constrói robôs usando uma impressora 3D e usa seu smartphone como um dispositivo interativo para se comunicar com o robô impresso.”

A sido, o coordenador Fábio Javaroni lista cinco razões para ensinar robótica nas escolas:

Os alunos acham a robótica divertida

Existem várias competições indicadas para alunos do Fundamental I, II e do ensino médio,  que servem para canalizar instintos competitivos de uma forma positiva e construtiva ² ³.

Essas competições normalmente giram em torno da capacidade dos participantes em resolver problemas em equipe.

Pede-se aos alunos que construam um robô e, em seguida, executem uma corrida para ver qual robô vai mais rápido, por exemplo.

“Na minha experiência, as duas formas mais envolventes de introduzir TI no currículo são robótica e design de jogos de computador.”

A robótica é uma forma eficaz de introduzir programação para os alunos

A programação pode ser muito abstrata. Ao ter que controlar um robô físico e ver o que não funciona, os alunos aprendem o que os robôs podem e não podem fazer. Eles também aprendem a necessidade de se estabelecer conjuntos de instruções precisas.

Por isso, a robótica ajuda a lidar com a crescente demanda por ensino de ciência, tecnologia, engenharia e matemática nas escolas.

“Além de aprender na prática o funcionamento de algoritmos através da programação do robô, os alunos entendem como matérias ligadas a logica e a exatas se unem por meio de projetos concretos.”

A robótica fornece habilidades úteis em futuros empregos

Não há dúvida de que haverá a necessidade de as pessoas se envolverem na programação de dispositivos mecânicos num futuro próximo.

“Ao aprender como programar robôs, os alunos podem descobrir se eles têm aptidão e interesses voltados a um dos  mercados de trabalho que com maior necessidade de contratação dos próximos anos.”

O ensino da robótica permite com que os alunos desenvolvam resiliência

Os alunos que se envolvem no mundo da robótica, acabam aprendendo a importância da persistência na busca de solução de problemas.

“Mais que isso, aprendem a trabalhar em equipe, utilizar a lógica e a colaboração entre pares e entender de forma prática o ciclo de prototipagem, teste, erro, melhoria, adequação e acerto.”

A robótica ajuda a desmistificar o uso de tecnologias complexas

Recente relatório do Comitê de Desenvolvimento Econômico da Austrália alertou que os robôs poderiam substituir 40% dos empregos australianos em 2025 – o que equivale a cerca de 5 milhões de empregos nas próximas duas décadas.

Entender o que as máquinas podem e não podem fazer é a melhor maneira de abordar esse assunto.

“Experiência em tentar construir e programar robôs faz com que os alunos entendam as possibilidades e pontos fortes da robótica.”

Matricule seu filho(a) em nossos cursos regulares!

Queremos resgatar a vontade de aprender e a confiança na capacidade de realização de cada aluno, além de cultivar o conhecimento e a criatividade sempre!

Pensando nisso, gostaríamos de convidar seu filho ou filha a se matricular em um de nossos cursos regulares, que ensinam ciência, matemática, lógica de programação e gestão de projetos por meio de atividades interativas e colaborativas como a robótica, o desenvolvimento de games e aplicativos e a impressão 3d.

Achou interessante?

Então CLIQUE AQUI e saiba mais detalhes sobre nosso cursos!

As aulas começam ema agosto/2018 e as vagas são limitadas!

Caso queira saber mais detalhes ou agendar uma aula de demonstração gratuita, ligue pra gente no (16) 3442-4442.

Escola de Inventor – Cursos inovadores que preparam para os desafios do amanhã!

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu